Asteroides – Estrelas em Fúria de Lobo Ramirez

Num futuro não tão distante, o governo é controlado por mega corporações, as mega cidades são tomadas pelos recentemente descobertos gnomos e o entretenimento das massas é o esporte extremo do salto ornamental com esteróides. Esse é o universo onde acompanhamos a trajetória repleta de vingança e violência extrema da Equipe de Salto Ornamental Feminino, Centaurium.

Asteroides – Estrelas em Fúria foi lançado em 2018 numa parceria entre Escória Comix e Ugra Press, escrito e desenhado por Lobo Ramirez, o CEO Absoluto da Escória e revisado por Douglas Utescher da Ugra Press, é um dos grandes clássicos da trajetória de Lobo Ramirez como autor, um must-have em toda coleção podrera.

Um misterioso assassino comedor de cocô, acaba de assassinar a cadeirante treinadora da Equipe de Salto Ornamental Feminino Centaurium, o misterioso sumiço da treinadora é descoberto quando o corpo é encontrado no fundo da piscina da competição de salto. A partir daqui, vamos acompanhar a busca de Sheila e suas companheiras de salto pelo misterioso assassino.

O mistério toma conta da trama que vai ficando cada vez mais perigosa, na busca pelo assassino, a equipe acaba se distanciando e uma das membras da equipe é assassinada por ninjas agiotas da Liga Asiática dos Judeus Unidos. Quase um ano depois do assassinato da treinadora, um amigo da equipe consegue descobrir a identidade do assassino, nesse ponto somos apresentados a um dos ícones das criações de Lobo Ramirez, o perigoso Carlinhos Hot Wheels, um ex-combatente que ao ficar paraplégico, direciona seu ódio e rancor às rampas, nada acessíveis para alguém em sua condição. Acontece que Carlinhos havia virado assassino de aluguel e em uma de suas empreitadas acabou tendo seu trabalho frustrado por sua condição de cadeirante, como consolo, ganhou um feto recém abortado numa clínica fast-abort, onde seu alvo do assassinato falido acabara de sair.

Esse feto é o ponto de virada na história, ao ser adotado por Carlinhos Hot Wheels, o mesmo vira o receptáculo de seu ódio e rancor, sendo alimentado com cocô de cachorro desde o nascimento, aos 5 anos, mata seu tutor e cresce cheio de ódio por cadeirantes, tornando-se assim, um serial killer. A partir daqui, vamos acompanhar os planos de vingança das atletas remanescentes, Sheila e Fuinha na caçada pelo assassino comedor de cocô.

É importante ressaltar, que Asteroides, possui toda uma aura de mangá, com grandes planos da mega cidade, numa mistura podrera de Akira com Ghost in the Shell e uma pitada de Shadowrun (por conta dos gnomos), o clima cyberpunk é reforçado pelos implantes cibernéticos que as atletas possuem e grandes passagens com muita emoção e velocidade ao redor das vielas dessa cidade perigosa.

Como dito anteriormente, Asteroides é um clássico instantâneo da trajetória da Escória Comix, o estilo de arte do Lobo é fundido com retículas e painéis bem detalhados sobre a cidade, criando uma atmosfera ainda mais pesada pra história, lembrando aqueles animes e mangás das décadas de 80 e 90, como A.D. Police.

Infelizmente hoje o quadrinho está fora de catálogo e não é possível encontrar na loja da Escória, mas talvez acabe sendo reimpresso em algum momento, basta ter apelo popular!

Confira outros lançamentos da Escória Comix clicando aqui!

Paulo Cavagnari

Leitor de gibizinho e criador do Tosqueira. Além de falar de gibi nacional por aqui, eu falo de gibi de hominho no Vigilante Atômico, podcast dedicado aos super heróis.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *