por: Paulo Cavagnari

Num futuro não tão distante, o governo é controlado por mega corporações, as mega cidades são tomadas pelos recentemente descobertos gnomos e o entretenimento das massas é o esporte extremo do salto ornamental com esteróides. Esse é o universo onde acompanhamos a trajetória repleta de vingança e violência extrema da Equipe de Salto Ornamental Feminino, […]

por: Paulo Cavagnari

Em tempos de negacionismo científico falar sobre ciência, ainda mais maldita, pode parecer perigoso, mas não é nada disso que você está pensando. Como descreve Fábio Vermelho no posfácio dessa obra escrita e desenhada pela Velha Cosmo, “Tecidos de testículos de macacos, almas penadas, experiências na segunda guerra mundial, alucinógenos e animais falantes, tudo narrado […]

por: Paulo Cavagnari

Inspirado pelo movimento “heta-uma”, gênero artístico que traz traços menos rebuscados e uma estética mais “suja” nos mangás, classificado simplesmente como “ruim, mas bom”, Dave L. Araújo, ou simplesmente, “Dave nada a ver” nos leva numa jornada ao lado da colegial mais porradeira do quadrinho alternativo, Suzy Sukeban. Esse é um dos lançamentos recentes da […]

por: Paulo Cavagnari

Fernando Athayde marca “A Saga do Porco Dourado” com muita atitude, humor e porradaria. O quadrinho é uma viagem pelas cores e o traço despojado do artista, que abusa do nonsense enquanto nos conduz por uma estrada carregada de música e rabisco. O prefácio ficou por conta da coeditora da Revista Plaf!, Dandara Palankof, que […]

por: Paulo Cavagnari

Projeto encabeçado por Luiz Berger, criador da Gordo Seboso, que contou com a parceria da Escória Comix de Lobo Ramirez, além das participações de Emilly Bonna, Diego Gerlach, Abraham Diaz e Victor Bello. Abram as portas do Inferno! A Porta do Inferno, segundo o próprio Luiz Berger, é uma tentativa de fugir das histórias curtas […]

por: Paulo Cavagnari

Conheça Máquina Assassina, a história de Priscila S., uma agente que foi vítima de experimentos do governo e teve uma arma implantada no lugar da sua mão direita.Esse é o pontapé inicial que vai se desenrolar nas 32 páginas do quadrinho de estreia de “Riotsistah” na Escória Comix. Ambientado em um cenário que remete ao […]